A utilização de sistemas de gestão na pecuária

A produção animal é uma das atividades econômicas existentes mais complexas em sua administração. O sucesso, tanto na bovinocultura quanto na ovinocultura, por exemplo, depende de um excelente sistema de gestão da produção afim de proporcionar uma melhor experiência no controle do gado e na gestão da fazenda. Visto que, diferentemente do que acontece na atividade agrícola, a pecuária exige a gestão de dois fatores: o rebanho e a pastagem. Ainda que esse último não receba tanta atenção ou monitoramento quanto o rebanho, associar técnicas de produção de pastagem e intensificação da pecuária são fundamentais para obter patamares ideais de produtividade e lucratividade. Por isso é imprescindível que o produtor tenha ao seu alcance ferramentas para permitir a coleta, o acesso e a análise dos dados disponíveis a qualquer momento para a tomada de decisão. No entanto, muitos dos produtores continuam conservadores e carentes de sistemas de gestão em suas propriedades. O que na grande maioria dos casos tem relação a resistência a mudanças que ocorre devido à cultura familiar passada de geração em geração sobre o modo de administração ou até mesmo pela dificuldade de acessar os caminhos que levem a essa capacitação. Esse receio de que a adoção de ferramentas de controle traga dificuldades de operação acaba por impactar negativamente a produtividade da fazenda, contribuindo para a formação de um ciclo de erros constantes que não permitem o acompanhamento detalhado da rentabilidade do negócio, comprometendo significativamente a gestão pecuária. E, tendo em vista um mercado cada vez mais competitivo, qualquer erro pode se transformar em um grande prejuízo para o produtor.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2019 Vital Jr. Consultoria e Assessoria Zootécnica