• Clara Vitória

Alternativas para o período de seca

A seca é um fenômeno natural, onde há a ausência ou pouca ocorrência de chuva por um

extenso período de tempo, e com isso, os recursos hidrográficos também diminuem. O que

traz muitas consequências negativas para o pecuarista.

No Brasil, cerca de 95% dos bovinos são alimentados com pastagem. Com a ausência de

chuvas, ocorre a diminuição de forrageiras disponíveis, seu crescimento é desacelerado e

tendem a perder o seu valor nutritivo. Sendo assim, o alimento disponível para os animais

fica escasso e de baixa qualidade fazendo com que o desempenho dos animais também caia.

O período de seca é anual, e por isso você deve estar preparado quando ele chegar. O

planejamento antecedente a seca é primordial para a redução dos prejuízos, e por isso,

trouxemos algumas alternativas para você.

• Faça um estoque planejado: Não deixe para cima da hora! Os insumos ficarão mais caros

durante a seca.

• Grãos: Cada grão tem suas propriedades que deve ser avaliado, é um alimento de alta

energia e merece atenção quanto o valor nutricional;

• Farelos de grãos: Podem ser encontrados em custo inferior aos grãos inteiros;

• Silagens: São uma ótima opção para a seca, a produção deve ser realizada com antecedência

e deve-se ter uma atenção especial quanto ao seu armazenamento;

• Suplementos com ração: Durante este período é muito importante haver a suplementação. O

sal mineral e ureia são valiosos!

Reduzir as perdas no período de seca é necessário. E mesmo com todas essas alternativas, os

prejuízos nas propriedades são evidentes. Por isso, é necessário um bom planejamento,

levando em consideração o potencial produtivo da pastagem, necessidades nutricionais do

rebanho existente na propriedade e até mesmo a situação do mercado de produtos e insumos.

A Vital Jr. Consultoria e Assessoria em Zootecnia trabalha com profissionais capacitados que

farão com que seus ganhos sejam maiores durante esse período. Conheça nossos serviços.

Posts em Destaque
Últimas Postagens